9 de Setembro de 2010 – A não dignificação da história do Parlamento Português

A RTP2 exibiu hoje um muito bem realizado documentário sobre a história do Parlamento. Para além de um muito bom enquadramento histórico, belissimamente narrado por Fernando Alves e ilustrado por citações de actas e textos publicados nas diversas épocas, houve a reflexão do que foi sendo o Parlamento, nos diversos enquadramentos políticos que fomos vivendo. Mas, a certa altura, foi tocado um dos pontos essenciais. O Parlamento era, muitas vezes, também um palco, mas um palco onde a oratória e o improviso argumentativo eram as «armas» mais apreciadas, mais do que as tricas políticas ou o «passatempo» político. Durante o dia, a cultura estava no Parlamento, à noite em São Carlos. E, mais do que isso, foi modelo. Modelo para o funcionamento da sociedade, das associações, das empresas, que fomentam a discussão dos respectivos futuros, debatendo-os, aberta e democraticamente. O peso histórico daquela casa, verificamos agora, que não está muito dignificado por quem o habita por esta altura, e que, provavelmente, até ignora tudo isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *