10 de Janeiro de 2012 – Porque a música acontece

Com enorme profissionalismo, disponibilidade e generosidade, a Orquestra Filarmonia das Beiras colaborou, hoje, connosco, para o CD do Orfeão de Arouca. Com arranjos do meu grande amigo José Joaquim Ribeiro e meus, foi um exercício de absoluto deslumbre, ver os nossos humildes sons, compostos com carinho, mas com muitas tentativas e erros, até chegar ao que pensávamos ser o ideal, jorrarem da orquestra, ganharem vida, fazerem parte deste projecto, que, desde o início, parece ter tudo para correr bem. No início, não era isto que estava nas nossas cabeças, mas as ideias são também como as cerejas, e agora aqui estamos. Com um CD praticamente pronto. Com cânticos de Janeiras acompanhados por um octeto de sopros e com duas suites de melodias do cancioneiro com uma orquestra de cordas. Ainda não terminou, mas o mais complicado está feito. E haverá mais surpresas. Em breve.

1 thought on “10 de Janeiro de 2012 – Porque a música acontece

Responder a Armando Pinho Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *