2 de Maio de 2010 – O FC Porto ganharia de qualquer forma

Ferido no orgulho e com uma postura táctica irrepreensível, o FC Porto venceu o Benfica, na penúltima jornada do campeonato, adiando as decisões para a última jornada, obrigando o eterno rival a pontuar, se quiser sagrar-se campeão. E venceria de qualquer forma, mesmo que os seus adeptos (e até alguns dos seus responsáveis) não tivessem embarcado numa estratégia de intimidação absolutamente dispensável, do arremesso de bolas de golfe e tinta aos autocarros, ao arremesso de isqueiros para dentro do campo, ao rebentamento de «petardos». Tudo isto foi absolutamente desnecessário, porque foi, de facto, a melhor equipa em campo. O que demonstra, apenas, que os adeptos portistas não tinham confiança total na sua equipa, porque, caso contrário, tanta intimidação (e mesmo a violência) não era necessária.

4 thoughts on “2 de Maio de 2010 – O FC Porto ganharia de qualquer forma

  1. Pensaram os adeptos do Porto, e mal, que para ganhar teriam que imitar os congéneres da luz e, vai daí, desataram a tentar imitar os ditos cujos e a prejudicar o espectáculo.
    Na verdade, não passam de meros aprendizes estes rapazes das claques do F.C.P.. Ainda tem muito pra aprender até conseguirem incendiar autocarros, ou colocar em coma jogadores das equipas adversárias ou, quiça um dia, talvez conseguir matar um adepto adversário com um very light.
    Coisas de aprendizes!

  2. Caro Ivo, agora gostaria de lhe lançar umas questões…

    E os adeptos do Benfica são santinhos?
    Ir á Luz como adepto do FCP é seguro?
    Quantos episódios de violência não aconteceram na Luz, com “ataques” a autocarros e outras estratégias de intimidação? Ainda se lembra de um episódio de um autocarro da António Atalaia incendiado na Luz, no decorrer de um jogo de hóquei (que transportava adeptos… do FC Porto? Ainda se lembra da atitude do Benfica em “encaixar” 2000 adeptos portistas num espaço só para mil, num SLB x FCP de 2004/2005?

    Claro que não quero dizer que os adeptos e as claques do FC Porto são todos umas vitimas e uns santinhos. Nada disso. Mas já chega de SÓ os adeptos do FCP serem noticia por actos de violência.

Responder a Jorge Monteiro Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *