20 de Agosto de 2009 – Sócrates é um «Big Brother»?

jose-socratesDevido aos «ossos do ofício», Orwell teve de fazer parte das leituras obrigatórias. Na altura, a ideia de um «Big Brother» televisivo estava ainda distante e o romance «1984» (a par, eventualmente, do «Admirável Mundo Novo», de Aldous Huxley) assumiu-se como intrigante. Muito tempo passou, e, agora, as dúvidas levantam-se de uma forma quase chocante. Será que São Bento anda a vigiar e escutar Belém? É preocupante pensarmos que temos um Governo que nos vigia, e, mais, que vigia o garante da nossa liberdade, que é a Presidência da República. É intimidatório sabermos que talvez o nosso íntimo esteja a ser conhecido. «Big Brother is watching you», era uma das frases mais desarmantes que Orwell fazia ecoar nas suas páginas. Fica o sentimento de podermos ter os nossos passos condicionados, seguidos, eventualmente reprimidos, numa espécie de democracia quase inexistente e controlada (deixando, portanto, de ser democracia). Alguns dos mais altos dignatários do nosso país admitiram, directa ou indirectamente, que poderiam estar a ser escutados ou seguidos. E este silêncio ensurdecedor de Cavaco Silva é intrigante. Não quero um Governo com tiques autoritários. Não quero um Governo com tiques «controleiros». Não quero um Governo «omnipresente». Não quero um Governo que não sabe ocupar o seu lugar. Não quero um Governo com demasiado poder. A ser assim, não quero um Governo assim.

1 thought on “20 de Agosto de 2009 – Sócrates é um «Big Brother»?

  1. Que não queiras um Governo assim, tudo OK.
    Agora dizê-lo em função de uma não-notícia, como já foi mais que detalhado em toda a net.
    Agora, não se espere que o Governo faça o que quer que seja, pq o ónus da prova está no acusador. O Governo não tem de se defender de nada.
    Acho muito mais triste, este silêncio do Presidente. Já demonstrou falta de coragem quando foi enxovalhado na Madeira, mostrou falta de coragem quando promologou o Estatuto dos Açores e agora isto…
    Eu não quero um Presidente assim…

Responder a Pedro Sousa Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *