22 de Abril de 2009 – Arouca nas rotas da UNESCO

geoparqueA partir de hoje, o «Geoparque Arouca» é membro efectivo e de pleno direito (aliás, um «forte membro», como diz a comunicação oficial) da «European Geoparks Network», um organismo tutelado pela UNESCO. Este é o corolário de um trabalho iniciado em 2005, desenvolvido com passos firmes e cuidadosamente pensados. Em Agosto de 2008, é apresentada formalmente a candidatura, em Fevereiro de 2009 dois peritos visitam Arouca e assinam um relatório altamente favorável à adesão do projecto arouquense, e, hoje, a EGN reconhece, por unanimidade, a excelência do projecto. Estão, portanto, de parabéns todos aqueles que mais directamente tornaram este projecto viável e reconhecido. Têm, agora, uma forte responsabilidade. Muito do futuro de Arouca pode «jogar-se» no Geoparque, mas sabemos que esta equipa estará à altura.

Um «Geopark» não é um «parque de diversões para geólogos», como dizia o Professor Artur Sá, nem tão pouco uma espécie de «zoológico», em que se paga bilhete e se vêem as raridades. Muito pelo contrário. É um espaço de todos e para todos, importante e valioso por tudo o que abrange. No caso de Arouca, falamos de todo o Município. Falamos, portanto, para além das 41 ocorrências classificadas, do património natural, da cultura, da história, da etnografia, do artesanato, da gastronomia e da doçaria, em suma, de tudo o que se constitui como diferenciador e motor de desenvolvimento sustentável desta região. E tem, sobretudo, uma forte componente educativa. Para que todos aprendamos a preservar um legado que, no fundo, não é nosso.

«The report was largely positive and noted the high potential of Arouca to become a strong member of the network».

2 thoughts on “22 de Abril de 2009 – Arouca nas rotas da UNESCO

  1. Estão de parabéns todas as pessoas envolvidas neste projecto e todos os arouquenses que lutam para preservar tudo o que de bom o nosso concelho possui.
    Estamos no bom caminho e agora é continuar o bom trabalho.
    ” Neste Portugal bendito
    foi Arouca quem pousou,
    para o quadro mais bonito
    que a natureza pintou.
    Pintura de tanto apreço
    que só a pode orgulhar,
    não a dá por nenhum preço
    e oferece a quem lá passar.
    Arouca…”
    Temos orgulho naquilo que é nosso, mas temos também a missão de cuidar.
    Saúde da boa

Responder a Daniela Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *