Select Page

26 de Abril de 2016 – Deixa-me, apenas, estar

Não ouso pedir-te senão uma coisa. Não que sorrias. Não que te digas feliz, quando algo te atormenta. Não que te foques em mim, quando outros precisam da tua atenção. Não ouso tão pouco querer ter-te, quando o que te preocupa é quase mais importante que a vida. Quase...

25 de Abril de 2016 – Música e Revolução

Começa hoje uma caminhada, uma espécie de marcha, que tem como objectivo aliar Música e Revolução. Assim, com M e R grandes, mesmo que com uma ao serviço da outra. A 29 de Abril e a 1 de Maio volto a ter o prazer de reencontrar amigos para fazer grande música. Desta...

24 de Abril de 2016 – Proporcionalidades

Houve tempos em que se dizia que ler jornais é saber mais. Continua a ser verdade, mas tem de ser com os óculos certos. De facto, ler jornais é saber mais, assim como ver notícias na televisão, ouvir a rádio, ler na internet. Mas a proporção com que as notícias se...

23 de Abril de 2016 – Ouço até me arderem os ouvidos

Alberto Caeiro dizia que «Ao entardecer, debruçado pela janela,/ E sabendo de soslaio que há campos em frente,/ Leio até me arderem os olhos/ O livro de Cesário Verde». Não podendo competir com o génio, fico-me por ouvir até me arderem os ouvidos a versão de Jacky...

22 de Abril de 2016 – Entre escrever e querer ler

Dei-me conta, há pouco, que ultrapassei os 1600 textos escritos neste espaço. Mas mais do que enaltecer tanta escrita, dá-me vontade de fazer uma lista de prioridades para a leitura. Como se fosse mais necessário aprender que ensinar, saber do que dizer, receber do...

21 de Abril de 2016 – Criaturas de um dia

Quando nem tudo vai bem, a nossa tendência é procurar ajuda. De preferência, tão especializada quanto possível. Uma espécie de armazém ou contentor estanque, onde possamos despejar tudo o que nos perturba. Só que esquecemo-nos que, do outro lado, está alguém como nós,...

18 de Abril de 2016 – Uma espécie de geringonça

Igudesman & Joo é um duo de piano e violino que procura descomplexar a música clássica, misturando-a com música pop e com uma performance bem humorada. Na sua página do Facebook, têm publicado vídeos muito interessantes com momentos musicais e performativos...

17 de Abril de 2016 – E (re)descobrir Ferreira de Castro

Diz quem sabe que quando nos queremos abalançar em leituras complexas e longas, devemos sempre começar pelo volume mais simples e mais curto. Depois, dentro do volume mais curto, o texto mais curto. Assim foi. Ferreira de Castro sempre esteve ali mesmo ao lado, em...