1 de Dezembro de 2020 – Vem aí o Natal?

Em contraste com o sol, que, em inundando alguns espaços, sabe bem sentir na pele, este é o tempo de o frio quase fazer congelar o nariz, logo pela manhã. De outros aromas, como o da pedra da rua fria da geada. Mas também do encontro, do convívio, de voltar a ver pessoas que não víamos, em muitos casos, há um ano. Um tempo em que nos dizem que talvez não seja possível vermos todos os rostos que gostaríamos de ver. Que talvez não possamos deixar o nariz congelar a qualquer hora. Que talvez não possamos sentir o cheiro da geada na pedra da rua em qualquer circunstância. Este é o tempo em que escreveríamos ‘vem aí o natal’ com ponto final. Mas em que não temos outra alternativa senão transformar o que sempre foi uma afirmação numa pergunta, sem sabermos até quando.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *