27 de Novembro de 2019 – Volto já

Circula pelas redes sociais uma imagem curiosa. Uma cruz, com um prego a segurar um papel, típico dos ‘volto já’ das lojas, a dizer ‘estou no presépio’. A imagem pode dizer-nos muitas coisas. Desde logo, que andamos sempre à procura da pessoa certa nos sítios e tempos errados. Por outro lado, que há sempre duas faces da mesma moeda. E, num e noutro caso, que há sempre um caminho a percorrer. Há o caminho a percorrer para o encontro, assim como o caminho a percorrer para o sermos para nós e para o outro. É preciso que sejamos para o outro, mas não podemos ser para o outro se não o pudermos ser, primeiro e com alicerce firme, para nós mesmos. Agora, é de facto tempo de começarmos a caminhar em direcção ao presépio. Chegará o tempo, depois de outros caminhos percorridos, em que deveremos caminhar para uma passagem, uma transformação. A seu tempo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *