19 de Abril de 2016 – Escrever todos os dias é um risco demasiado grande

escreverÉ capaz de ser melhor desconfiar de quem tem muito a dizer sobre tudo e sobre nada. Quando se fala muito, o risco de se acertar pouco aumenta proporcionalmente. Porque aumenta, igualmente, o risco de se falar sobre o que não se sabe. Olhar as coisas pela rama ou a partir do ponto de vista que toda a gente usa, é outro risco fácil. A democracia e as maiorias trazem consigo esse perigo. É um pouco por tudo isto que escrever todos os dias é um risco grande. A menos que se assuma que se escreve todos os dias apenas pelo prazer de o fazer. Sem ter a pretensão de evangelizar ninguém ou mudar a forma de pensar ou de olhar para as coisas. Tirando esse pequeno pormenor, sim, é um risco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *