15 de Dezembro de 2012 – “Les Misérables”

les-miserables«Ouvê-se» por aí que Camilo Lourenço considera a nossa classe política miserável. É muito provável que nenhum português «normal» não concorde com Camilo Lourenço. Todavia, se formos lógicos no raciocínio, os políticos são a imagem de um país. Eles são o nosso reflexo. Os melhores de nós. Os que nós elegemos para nos representarem. Para serem o nosso pensar e agir em favor do melhor para todos. Nesse sentido, poderíamos pensar que eles são miseráveis porque nós também somos. Só que, neste caso, há uma curiosa inversão dos termos. Os nossos políticos vivem tão ausentes da realidade, tão superiores ao patamar do povo, de que, no fundo, são servos, que são eles que nos tornam miseráveis a nós. Ainda mais do que já seríamos, naturalmente. Em breve, o canal Parlamento estará nas televisões de todos os portugueses. Um modo «fritador de miolos» a que todos vamos passar a estar sujeitos. Quem será, então mais miserável? E de quem é a culpa?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *