29 de Maio de 2011 – A preparar a «Chamateia»

A sabedoria popular oferece-nos algumas das coisas mais belas que podemos imaginar, sem as termos de pedir, nem forçar. Como a natureza, surgem, espantam-nos e colam-se à pele, passando quase a fazer parte de nós. Com a «Chamateia», foi assim. E foi assim, porque, na sua essência, ela é, de facto, belíssima. Mas o arranjo para coro feminino, feito por Mário Nascimento, acrescenta-lhe esse toque de magia, de inesperado, de quase etéreo. Hoje, depois de obtida a partitura junto do compositor, começamos, no Orfeão de Arouca, a tentar dar outra vida à «Chamateia». Essa chamateia que oscila entre as danças açorianas da «chamarrita» e da «sapateia». Onde vamos, como diz a letra, sempre que a vida não nos corre de feição, e onde encontramos a distracção do que nos aflige no dia-a-dia. É isso que fazemos todas as quintas-feiras. É isso vamos tentar fazer, no próximo dia 4 de Junho.

[audio:http://aminhaagenda.aroucaonline.com/wp-content/uploads/2011/06/Chamateia-Coro-Ninfas-do-Lis.mp3|titles=Chamateia – Coro Ninfas do Lis]

«Chamateia» | Coro Ninfas do Lis (Direcção: Mário Nascimento)

1 thought on “29 de Maio de 2011 – A preparar a «Chamateia»

  1. Comentários sobre as Ninfas !!! Pois bem, há que vê-las e os comentários surgirão. É a qualidade vocal no seu melhor quanto a afinação e rigor rítmico. Sobre o Mário Nascimento o que é que eu posso dizer?
    Cantei com ele, foi do melhor. Hoje, então, com a desenvoltura com que se aprimorou e sobre os arranjos musicais de sua autoria, como não posso cantar com as Ninfas, limito-me a comprar os CDs e deliciar-me. Sintetizando e sobre o dito:- Olha Mário, volta, estás perdoado…

Responder a Fernando Quadros Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *