26 de Janeiro de 2011 – Mas que raio disto é aquilo?

Depois de tanta tinta corrida, de vidas julgadas, de um julgamento que decorreu a meias entre as salas de audiências e a comunicação social, Carlos Silvino dá uma entrevista a dizer que, afinal, é tudo mentira, são todos inocentes, e não aconteceu nada. Aliás, até ele próprio, segundo ele próprio, é inocente. E nós ficámos a olhar, pasmados. Como se só em Portugal fosse possível acontecerem coisas destas. E, face a isto, a Justiça não pode fazer nada, porque já fez o que tinha a fazer. Mas que raio disto é aquilo? Mente-se em tribunal, desmente-se na comunicação social, e a coisa passa?

1 thought on “26 de Janeiro de 2011 – Mas que raio disto é aquilo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *