20 de Julho de 2010 – Que saudades de Preud’homme…

As recentes «fífias» de Roberto, o caríssimo guarda-redes do Benfica, têm feito os adeptos recuar no tempo, até à vinda de Michel Preud’homme para o clube. Aliás, no jornal «I» de hoje, Rui Tovar publica um fabuloso texto, que dá conta de como o FC Porto tentou a contratação do guarda-redes em pleno aeroporto de Milão, de como esse «falhanço» acabou por contribuir para o surgimento de Vítor Baía, e de como um dos melhores guarda-redes do mundo passou pelo Benfica e saiu pela porta grande (apesar de só ter ganho uma Taça de Portugal), entre outros episódios curiosos. Preud’homme também acabou por deixar «escola» no Benfica, com o surgimento de Moreira que, estranhamente, não tem sido opção das «águias». Que sirva para reflectir quanto às «fantásticas» (e caras) contratações, por oposição ao profissionalismo, à integridade e à dedicação ao clube de Preud’homme. Coisas que vão, cada vez mais, faltando no futebol.

1 thought on “20 de Julho de 2010 – Que saudades de Preud’homme…

  1. Esse senhor vem eternizado no recente jogo, da EA Sports, comemorativo do Mundial de Futebol… joga na equipa dos clássicos, e até no jogo é um monstro a defender!

    É um SENHOR… e sempre com aquele ar de humildade.

Responder a João Pedro Martins Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *