20 de Abril de 2010 – De como a nossa ignorância pode ser um vulcão em erupção

O vulcão que está em erupção (mais ou menos adormecida) na Islândia, e que tem deixado a Europa completamente aérea, chama-se Eyjafjallajokull. Segundo o jornal «Público», «Eyja» significa ilha, «fjalla» significa montanhas e «jokull» glaciar. Trata-se, portanto, de um vulcão localizado num glaciar de montanhas próximas das ilhas Westman. Esta nuvem de cinzas, para além de, metaforicamente, estar a turvar a visão da Europa, é, também metaforicamente, um alerta para como a nossa ignorância pode entrar em erupção a qualquer momento. Não sabemos, muitas vezes, os porquês das coisas que vão fazendo o «mundo global» girar, e que acabam, mais tarde ou mais cedo, por nos afectar. Como neste caso. Como em outros. Continuamos a sorrir, sem pensar nas consequências dos nossos actos sobre a natureza onde nos movemos e da qual somos apenas ínfima parte. Esquecendo que, nestes largos milhões de anos, muitas espécies surgiram e se extinguiram, e o planeta persistiu, evoluiu, transformou-se. Mais certo que o fim do mundo será a nossa rejeição enquanto espécie «eleita». Por este andar, extinguir-nos-emos, como os dinossauros. Na lava da nossa ignorância.

1 thought on “20 de Abril de 2010 – De como a nossa ignorância pode ser um vulcão em erupção

Responder a João Pedro Martins Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *