8 de Março de 2010 – O texto n.º 400

No dia em que se fala sobre os vencedores (e perdedores) dos «Oscars», no Dia Internacional da Mulher, em que se comemora o início da sua emancipação (em muitas situações ainda em curso), curiosamente numa segunda-feira, depois de o Benfica reforçar a liderança do campeonato; está, neste momento, a passar os olhos pelo 400.º texto deste espaço. Significa que há mais ou menos 400 dias que me dedico a este ritual diário, de escrever o que (não) interessa. Durante todo este tempo, houve cerca de 21.000 «cliques» que vieram dar aqui, levando a que quase toda a gente lesse, em média, mais do que um artigo. Uns foram comentando, outros achando que o autor é demasiado pretensioso para merecer um comentário, outros, ainda, talvez desprezando absolutamente, e reclamando a absoluta irrelevância deste espaço. A todos, os agradecimentos devidos. Os agradecimentos devidos, também, aos que «deram notícia», para que se pudesse escrever durante todo este tempo. Agradecimentos devidos, ainda, aos companheiros de «bloguismo» deste espaço do «AroucaBiz», com o sentimento de que isto funciona um pouco como uma equipa de atletismo, em que vamos «puxando» uns pelos outros. Por fim, mas não menos importante, o grande grande agradecimento ao Rui Gato, mentor do «AroucaBiz» e incansável apoiante desta aventura. A todos, até amanhã.

2 thoughts on “8 de Março de 2010 – O texto n.º 400

  1. E…
    quanto ao benfiquismo, pra não desconsolar alguma da
    Família…(muito família meeessssmo)
    Continuo fiel ao meu Sporting, com aqueles go,os Melancia
    Que dão grande Melão aos Portistas:
    Verdes por fora…e Vermelhos por dentro!!!
    Bazo, antes que seja Tarde Demais.
    Grato pelos 400 e 21000

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *