9 de Janeiro de 2010 – Concerto de Ano Novo

concerto-ano-novoTerá sido o frio que impediu que o Concerto de Ano Novo pudesse ter a «enchente» habitual. A Orquestra Clássica de Espinho propôs aos arouquenses um programa fora do «mainstream» dos concertos de ano novo. Numa formação adaptada ao espaço, e com a participação da soprano Dora Rodrigues, a OCE apresentou um programa alternativo, diversificado e original. Foi pena, contudo, que os arouquenses não tenham correspondido como habitualmente, tenha sido por causa do Benfica, tenha sido por causa do frio, ou por outra razão qualquer. Uma iniciativa deste tipo, com boas condições de fruição e, ainda por cima, gratuita, merecia mais público. Parabéns à Orquestra Clássica de Espinho pela dinâmica e organização.

3 thoughts on “9 de Janeiro de 2010 – Concerto de Ano Novo

  1. Então os arouquenses é que são culpados Sousa?
    Os arouquenses não têm uma cultura musical enraizada porque ninguém lhes oferece isso. Como é que queres que um concerto de música clássica tenha sucesso numa terra que gosta é do Quim Barreiros?

    O povo gosta daquilo que conhece e que ouviu ao longo dos anos. Se não se promove, não se ensina, não se criam hábitos de cultura desde pequenino, dificilmente as pessoas vão aprender a gostar depois de adultas.

    Deves é lamentar que por exemplo a tua autarquia pouco faça para implementar/criar essa cultura nos arouquenses. Não é só dar-lhes um concerto de vez em quando, é preciso que as pessoas aprendam a gostar e essencialmente perceber.

Responder a f Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *