17 de Dezembro de 2009 – «The Armed Man: A Mass for Peace», de Karl Jenkins

ONA noite de hoje revelou-se uma absoluta surpresa. Uma surpresa daquelas que nos apanha como a criança que sonha e espera pelo Pai Natal, e ele aparece mesmo. Seja verdade, ou sonho. Na Igreja da Trindade, no Porto, a Orquestra do Norte juntou-se a Patrícia Quinta (mezzo-soprano), Pedro Telles (barítono) e ao Coro de São Tarcísio, ao Ensemble Vocal Pro-Musica, ao Amorim&Laúndos Ensemble e ao Coro Júnior do Curso Silva Monteiro, sob a direcção do maestro José Manuel Pinheiro. E o resultado foi absolutamente incrível. A obra apresentada também a isso ajudou: «The Armed Man: A Mass for Peace», de Karl Jenkins, um compositor galês contemporâneo (conhecido pelo seu projecto «Adiemus»). Durante o concerto, a música leva-nos a reflectir sobre anos de guerras constantes e de paz intermitente, da ascenção e queda de ditaduras e democracias, e de como o diálogo inter-religioso e inter-cultural (por que não através da música?) podem ajudar a derrubar barreiras e a projectar um mundo diferente. Na tela foram passando imagens da história do século XX, que nos ajudaram a chegar a estas conclusões. E, no fim, sabemos que é melhor a paz, mas que não conseguimos (sabe-se lá porquê) viver sem a guerra. Mesmo nas pequenas coisas.

«Ring out the thousand wars of old. Ring in the thousand years of peace»
(Alfred Lord Tennyson, 1850)

The Armed Man A Mass for Peace – Better Is Peace

1 thought on “17 de Dezembro de 2009 – «The Armed Man: A Mass for Peace», de Karl Jenkins

Responder a M&M Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *