14 de Dezembro de 2009 – Berlusconi perde a face

berlusconiDizia-se da «Coca-Cola» que «primeiro estranha-se, depois entranha-se», mas parece que esse não será o caso de Sílvio Berlusconi. Em relação ao Primeiro-Ministro italiano, ou se adora, ou se detesta. Um homem multimilionário, que em muito deve a sua fortuna ao seu envolvimento na vida política, frequentemente associado à corrupção, à máfia e aos encontros ilícitos e extra-matrimoniais, perdeu hoje a face, no sentido mais doloroso e literal. À saída de um comício, um agressor atingiu a face de Berlusconi com uma estatueta, do que resultou o nariz partido, o lábio rachado e menos dois dentes. Este episódio serviu, no fundo, para acentuar ainda mais o fosso entre os que toleram e os que odeiam o Primeiro-Ministro italiano. Para «carregar» as duas faces de uma Itália de extremos.

1 thought on “14 de Dezembro de 2009 – Berlusconi perde a face

Responder a joaquim toscano Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *