16 de Março de 2009 – Quando a música «gruda»

stampTime and Space
(Cinematic Orchestra)

Every soul comes to the sun
Carried on angel’s wings to human birth
Born of love or born of hate
Each one is heaven sent to human fate

In joy and pain each one will grow
For wisdom is so much more than what we know
And every child will find their way
Of living the whole life story day by day

Dream
Little girl, dream
Dream
Little boy, dream

O dia, quando vivido a 1000 à hora, às vezes não se deixa pensar durante muitos momentos. Assim foi hoje. Repleto de música, de palavras, de viagens de circunstância. Desde cedo que «Time and Space» da «Cinematic Orchestra» como que se «grudou» algures na pele, e foi ficando durante todo o dia. Porque faz pensar em como e porquê andamos por cá, nos sonhos que trazemos, alimentamos e abandonamos. Porque fala de (des)encontros, da história que escrevemos diariamente, do que fomos, somos, queremos ser, podemos e não podemos. Porque fala de quem veio, passou, ficou ou partiu e por que veio, passou, ficou ou partiu. Porque quase fala de tudo. Porque teve o condão de vir e ficar. Todo o dia.

1 thought on “16 de Março de 2009 – Quando a música «gruda»

Responder a ruigato Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *